Maquiavel em dois atos

Por mim: Cada um tem o César Borgia que merece.

Pelo Mino: Maquiavel liga para perguntar sobre Dirceu

(…)“Quer dizer – comenta enfim Maquiavel, – que o pessoal não entendeu”. (…) Ele conclui: “Bem, isto seria demais. Aliás, é comum que quem não leu o Príncipe suponha tratar-se de um livro autobiográfico”.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s