Eu só queria um litro de leite

Mês passado, li em várias revistas femininas e nos jornais da cidade teorias interessantes sobre o que querem as mulheres. Linhas e mais linhas para tentar explicar afinal de contas por que somos tão insatisfeitas. Em alguns momentos tenho a sensação que somos o Mal do Século, ou pior: o Mal de TODOS os Séculos.

Os chavões vão nessa linha: as mulheres são independentes financeiramente, fizeram dos homens uns bananas, mas ainda querem que eles abram a porta do carro. É verdade? É. É mentira? É também.

Eu não sei o que as mulheres querem, até porque é uma questão pessoal. Mas o que eu percebo, entre minhas amigas, minha mãe, amigas da minha mãe, minhas primas mais novas, amigas das minhas primas mais novas é que nós só queremos um litro de leite.

Entendeu? Então explico. Outro dia um amigo me contou uma história bobinha, mas que me deu a luz para esse texto. Durante uma conversa normal do dia-a-dia com a namorada, por telefone, ela lamentou: “Estou trabalhando tanto que nem tive tempo para comprar leite”. Meu amigo (que ganhou muitos pontos comigo por isso) não pensou duas vezes. Passou na padaria, comprou uma caixinha de leite, colocou num envelope do trabalho e deixou na portaria do prédio da namorada. Simples assim.

Não precisamos de diamantes, de mansões ou viagens ao redor do mundo. Um litro de leite (na hora certa) tá bom demais.

(texto originalmente publicado no blog do Felipe Machado)

Anúncios

5 pensamentos sobre “Eu só queria um litro de leite

  1. Ontem eu precisava de um banho quente. Para resumir: cheguei em casa, com frio, cansada, com fome e louca para tomar um banho quentinho e colocar um pijama. Passava das dez da noite. Descobri, ao chegar em casa, que haviam cortado minha luz. Esqueci de pagar.
    Sozinha, no frio e no escuro liguei para o namorado e descrevi a situação. Ele disse: “estou indo praí”. Me levou pra casa dele, me emprestou o seu chuveiro. Cara, descobri naquele momento que um banho quente num dia frio, não tem preço. Nem Mastercard paga. Um namorado como o meu também não 🙂

  2. Atenção para o “na hora certa”. Porque, se bobear, é capaz de ter rapazes desavisados comprando litro de leite no dia dos namorados.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s